Hoje trago um tema, que felizmente acredito ser importante para os dias de hoje, em que podemos observar que há cada vez mais pessoas curiosas e interessadas em seguir um estilo de Vida Saudável.

Desta forma, torna-se necessário a interpretação correta daquele que é o “Cartão de Cidadão” dos produtos alimentares que adquirimos.

“Devo comprar a embalagem azul ou a amarela?”, “A marca mais saudável é a y ou a x?”

Saber responder a estas questões sozinho, será mais um passo no caminho da aquisição de um estilo de vida saudável, com uma alimentação feita em escolhas inteligentes.

Por isso, apresento 10 passos para que, quando vá ao Supermercado, saiba analisar os alimentos que vai comprar e consumir:

1-Prazo de Validade:

Em primeiro lugar deve sempre verificar o prazo de validade de um produto. É a primeira indicação da qualidade do produto que está a adquirir.

2- Lista de ingredientes:

Em relação à lista de ingredientes deve saber que esta está apresentada por ordem decrescente, isto é, apresenta os alimentos que tem em maior quantidade para os que tem em menor quantidade. E por isso, o que tem a fazer nestas alturas? Claro! Deve evitar levar aqueles cujos primeiros ingredientes sejam Sal, Gorduras (Óleos) ou Açucares (glicose, galactose, sacarose, maltose, lactose, frutose, dextrose, xarope de açúcar invertido).

3- Porção:

A Tabela Nutricional normalmente apresenta sempre os valores nutricionais em 100 g de produto e numa dada porção, que é quantidade média do alimento normalmente consumida. Quando faz comparações entre produtos lembre-se de verificar sempre na mesma quantidade, uma vez que todos apresentam os valores por 100 g, faça a comparação sempre nesta parte da tabela.

4- Valor Diário Recomendado:

Verifique a percentagem que uma porção tem de Valor Diário Recomendado de nutrientes, que tem a sigla de VD % ou DR%. Esta percentagem é baseada no valor diário recomendado para um plano alimentar de um adulto normal (2000 kcal). Lembre-se que cada pessoa tem necessidades nutricionais diferentes e que por isso há quem necessite de mais ou menos nutrientes, consoante o seu estado nutricional.

5- Valor Energético:

O valor energético é importante. Pode verificar entre dois alimentos, qual é que confere mais quilocalorias por 100 g. Contudo, há valores nutricionais bem mais importantes a serem verificados e que devem ser as bases das suas escolhas.

6- Hidratos de Carbono ou Glícidos :

É importante saber que os Hidratos de Carbono são a principal fonte de energia para o organismo e que por isso são importantes. Existem vários Hidratos de Carbono (Açúcares) e quanto mais “simples” eles forem, mais rapidamente serão absorvidos para o sangue e mais rapidamente se vão transformar em gordura. Por isso o que deve fazer é evitar alimentos que apresentem um valor elevado de “Açucares simples”. Quando comparando dois produtos, verifique qual apresenta menos açucares simples.

7- Gorduras ou Lípidos:

Na tabela nutricional estão apresentadas as gorduras totais, que são todas as gorduras do alimento. Depois apresenta as quantidades de gorduras saturadas e insaturadas dentro das gorduras totais e há que ter sempre em atenção o VD%/DR% que uma porção do produto apresenta de cada. Dê preferência aos produtos com baixo teor de gorduras – baixo VD% / DR% -, sobretudo as saturadas e colesterol.

8- Gorduras trans:

Dentro das gorduras insaturadas, existem vários tipos de gorduras, entre as quais, as gorduras trans que podem ser produzidas naturalmente ou industrialmente. O consumo destas gorduras aumenta o risco de doenças cardiovasculares pelo que devem ser evitadas. Atenção porque os produtos podem vir com outras denominações como: “gordura totalmente ou parcialmente hidrogenada”ou “óleos totalmente ou parcialmente hidrogenados”. Deve evitar alimentos que apresentem estas gorduras na lista de ingredientes.

9- Sal (Sódio):

Deve ser consumido com moderação pois o seu consumo em quantidade pode ser prejudicial à saúde. Deve evitar alimentos com uma %VD/ %DR elevado.

10- Fibra Alimentar:

Fibra Alimentar é um tipo de Hidratos de Carbono não digeríveis pelo nosso organismo. Uma alimentação rica em fibras tem vários benefícios para a saúde, por isso quando verificar a Tabela Nutricional de alimentos, preocupe-se em verificar qual lhe confere mais fibra alimentar.

 

sem-titulo

 

 

Deixe um comentário